Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

tra la lan

Conversas de linhas e alinhavos, fogo baixo e ervas do campo... saberes de antes com sentido no mundo de agora. Da auto-suficiência à simplicidade voluntária, saber fazer e viver de raiz.

tra la lan

Conversas de linhas e alinhavos, fogo baixo e ervas do campo... saberes de antes com sentido no mundo de agora. Da auto-suficiência à simplicidade voluntária, saber fazer e viver de raiz.

Ter | 16.06.20

Discos descartáveis de algodão

Sassão

Nem lembro a última vez que comprei! Usamos de materiais que possam ser lavados e reutilizados.

Os meus preferidos são de croché, feitos em algodão suave, para roupa de bebé. Bem macios! 

 

ED38B795-2940-4D07-B98E-FF05730F346D.jpeg

Estes são de algodão orgânico... sem rescurso a pesticidas e amigo da Terra.
O algodão “orgânico” não me limpa a consciência... mas pelo menos neste ponto da cadeia, acredito que corra menos mal!
 
Voltando aos discos de limpeza, faço com várias texturas: umas suaves e outras mais agrestes, para sentir a exfoliação.
 
Comecei por os costurar a partir de antigos lençóis de flanela, que púnhamos na cama assim que chegava o Outono à Lezíria. 
 
Depois, os turcos, feitos daquelas peças já gastas.

Mas o que me dá mesmo prazer são estes círculos de croché, que começo da mesma forma e nunca sei como acabam! Experimento pontos, texturas... um gozo! 

Começo por um anel mágico e na primeira volta, 6 pontos. Na segunda volta, aumento 2 pontos em cada um, ficando com 12. Depois na terceira aumento a cada 2 pontos (um ponto sem aumentar; aumento no segundo) . Na quarta, aumento a cada 3 pontos (dois pontos sem aumentar, sumento no terceiro. E sucessivamente. 
 
Experimentem! 
...e boa semana! 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.